Você sabe o porquê da importância do dia da Consciência Negra?

O Dia da Consciência Negra faz homenagem a um grande líder Quilombola e símbolo da resistência negra no Brasil, conhecido como Zumbi dos Palmares, morto em uma emboscada pelas tropas coloniais, em 1659. Zumbi teve a cabeça decapitada e exibida em praça pública.


Historiadores descobriram a data de sua morte no início dos anos 1970, época que os membros do Movimento Negro Unificado contra a discriminação racial, foram detidos em 1978 durante a ditadura militar brasileira. Eles escolheram a figura de Zumbi como símbolo da luta pela libertação dos negros escravizados no Brasil, bem como a luta pelos direitos de seus descendentes.


Com a redemocratização do Brasil e a promulgação da Constituição em 1988, muitos setores da sociedade, inclusive os movimentos sociais (como o movimento negro), ganharam maior espaço para discussões e decisões políticas. A lei do preconceito de raça ou cor (nº 7.716 de 5 de janeiro de 1989) e a lei de cota racial, no âmbito do ensino superior, especialmente no campo da educação básica, Lei nº 10.639, referente a 9 de janeiro de 2003, que instituiu a obrigatoriedade do ensino de História e Cultura Afro-brasileira, são exemplos de legislações que preveem certa reparação aos danos sofridos pela população negra na história do Brasil.


Se por um lado temos motivos para comemorar o Dia Nacional da Consciência Negra, por outro temos motivos para discutir o racismo e promover a integração igualitária dos grupos negros na sociedade e a ideia de combater a exclusão social e a desigualdade. Nesse sentido, as ações preconizadas no dia 20 de novembro não devem ser somente comemorativas, mas sim de conscientização e reflexão.


Referências:

A importância do povo e da cultura africana no brasil
Dia da Consciência Negra